Corrupção como um "I’ll scratch your back if you scratch mine"?

Corrupção muitas vezes tende a ser visto como um "toma lá, dá cá", na expressão em inglês "tit-for-tat", ou no juridiquês, o "quid pro quo". O autor Blake Ellison, por sua vez, em artigo publicado no dia 01/07/2049, põe luz sob a teoria denominada "the stream of benefits theory of liability". Veja aqui.

Segundo tal teoria, a corrupção tenderia a ocorrer, com mais frequência, segundo um padrão de longo prazo, no qual um padrão de comportamento do corruptor é seguido de um padrão de comportamento do corrupto. Essa teoria, porém, tem sido alvo de questionamentos nos EUA.

A meu ver, é um tema super interessante para pesquisas acadêmicas no Brasil!

Recent Posts

Archive

Follow Us

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey LinkedIn Icon
  • Facebook Pessoal
  • Grupo Facebook
  • White LinkedIn Icon

2017 by @irisramadasdesign