02/07/2020

A primeira vista, o tema do direito ambiental parece não fazer parte da pauta de discussões tradicional do dirieto da concorrência. De fato, não é um tema recorrente, e tradicionalmente tal abordagem é afastada nas análises de casos concretos, como por exemplos atos de concentração e seus impactos ao meio ambiente.

A dissertação de mestrado da Aline Crivelari, que tive oportunidade de participar da banca na UnB, é uma das poucas pesquisas que conheço, no Brasil, sobre o tema.

No exterior, interessante saber que foi publicado um paper do Herb Hovemkamp que pergunta se os acordos realizados por quatro montadoras de automóveis para endereçar a mudança climá...

25/06/2020

Em post anterior, mencionei a discussão de embate entre regulação e concorrência a respeito da taxa THC2, objeto de intensas discussões no Cade e na Antaq.

Em novembro de 2019, em continuidade às discussões sobre o artigo 9º da RN nº 34/2019, houve evento para discutir em que consistia abuso ilegal na cobrança desse serviço. Na oportunidade a Agência apresentou uma proposta de avaliação de abusividade, e um modelo de calculo de preço-teto, ministrada pelo servidor Sandro Monteiro.

09/09/2019

O Cade condenou, em 2018, condutas referentes à cobrança de uma taxa denominada "THC 2". Trata-se da cobrança, dos operadores portuários em face dos recintos alfandegados, de uma taxa além da taxa de movimentação usual denominada box rate, taxa de segregação de contêineres de importação destinados a outras áreas alfandegadas, conhecida como Terminal Handling Charge 2 (THC 2).

Diante da demora da ANTAQ em regulamentar o tema, o TCU inclusive decidiu condenar individualmente os diretores da agência, sob o argumento de omissão funcional. A decisão trouxe severas críticas da doutrina, como se pode verificar no artigo da Ana Frazão.

Recentemente, em agosto de...

Please reload

  • Facebook Pessoal
  • Grupo Facebook
  • White LinkedIn Icon

2017 by @irisramadasdesign